O que são fundos imobiliários: como investir em FIIs? • Curso de Finanças Pessoais – Aula #26

• Guia de Finanças Pessoais (grátis):
https://bit.ly/conexao-financas

• Fundos Imobiliários de A a Z: https://amzn.to/3cbwKkU

• Cursos gratuitos: https://bit.ly/cursos-gratuitos-freelancer

• Aula completa: https://conexaofreelancer.com.br/financas/fundos-imobiliarios-como-investir/

Os fundos imobiliários (FII) estão entre os investimentos que mais crescem em interesse por parte dos investidores brasileiros. É o que mostram os números da categoria, em especial durante 2019, quando o número de pessoas que investem na modalidade mais do que dobrou.

Em parte, esse crescimento até demorou para acontecer considerando que, historicamente, há uma grande defesa de investimentos em imóveis no nosso país.

E, se você pensa que o setor não é acessível para a sua realidade financeira eu tenho uma boa notícia: os fundos de investimentos imobiliários permitem que você, com pouco dinheiro, esteja exposto aos melhores imóveis do país.

Isso mesmo que você acabou de ler! Esse tipo de investimento é extremamente acessível e populariza o mercado de imóveis do país.

→ O que são os fundos imobiliários?

Os fundos imobiliários pertencem ao universo dos fundos de investimentos. Isto é, os investidores destinam o seu dinheiro ao fundo e contam com um time de analistas especializado para a tomada de decisão em relação ao seu capital. A lógica é similar a um condomínio, com um “rateio” de acordo com a parcela aportada por cada participante.

No entanto, existem algumas diferenças em relação aos fundos de investimentos tradicionais. Uma delas é justamente o seu formato de atuação: os ativos são, necessariamente, relacionados ao setor imobiliário. Além disso, os FIIs são negociados na Bolsa de Valores, assim como as ações.

Outro ponto muito importante é que os fundos imobiliários devem, mensalmente, compartilhar com seus cotistas ao menos 95% do lucro apurado. Ou seja, é um formato em que há geração de fluxo de caixa mensal. Em outras palavras, podemos dizer que se converte em uma boa porta de entrada na renda variável para quem ainda não usa da categoria.

► LINKS IMPORTANTES

• Cursos gratuitos → https://bit.ly/cursos-gratuitos-freelancer

• E-book freelancing (gratuito) → http://bit.ly/conexaofreelancer

• Conheça nossas iniciativas → https://conexaofreelancer.com.br/iniciativas/

► CONECTE-SE CONOSCO:

• Site: http://www.conexaofreelancer.com.br
• Contato: contato@conexaofreelancer.com.br
• Facebook: https://www.facebook.com/ConexaoFreelancer
• Twitter: https://twitter.com/conefreelancer
• Instagram: https://www.instagram.com/conexaofreelancer/

Deixe uma resposta