Fundos Imobiliários do Tipo Papel | Investindo na Prática com Matheus Alberto

Fundos Imobiliários do Tipo Papel | Investindo na Prática com Matheus Alberto

Neste vídeo apresento os Fundos Imobiliários do Tipo Papel.

Este tipo de fundo imobiliário investe em títulos de renda fixa, principalmente os CRIs mas também LCIs.

Existem alguns pontos de vantagens e desvantagens em investir neste tipo de ativo ao invés de investir diretamente nos títulos de renda fixa, podemos citar:

1- Os FIIs são negociados em bolsa, então tem maior liquidez.
2- Através dos FIIs de Papel conseguimos ter acesso à títulos de renda fixa restritos à investidores institucionais.
3- Dá para investir nos FIIs com pouco dinheiro.
4- Você recebe rendimentos mensais no FII.

Ainda uma carteira de fundos imobiliários de papel detém papeis indexados à vários índices como IPCA, CDI, IGP-M e também a emissores diferentes, aumentando a diversificação e segurança da carteira.

Vale observar que investimentos em fundos imobiliários, inclusive os de papel, é um investimento em Renda Variável. Como exemplo mostro que as cotas do fundo BTCR11 (FII de Papel gerido pelo BTG Pactual) era negociado em torno de R$100,00 a cota no período pré-pandemia. Durante o pior mês para os mercados ele chegou a menos de R$80,00 a cota. Hoje (final de março) ele está sendo negociado perto de R$91,00 a cota, ou seja, ainda não recuperou sua valorização pré-pandemia.

Então este tipo de investimento é mais arriscado do que o investimento em renda fixa tradicional, e por isso, também espera-se um maior retorno considerando o longo prazo.

Confira meu post no Instagram que falo um pouco sobre os Relatórios Gerenciais dos FIIs: https://www.instagram.com/p/CMfhf-phc5X/

Se você quer saber tudo sobre investimentos em Renda Fixa, Ações, Fundos Imobiliários, não deixe de se inscrever no meu canal e me seguir nas redes sociais 👇🏾

***
INSTAGRAM: https://www.instagram.com/matheus_alberto/
TWITTER: https://twitter.com/matheusalbsouza

#finanças​​​​ #investimentos​​​​ #liberdadefinanceira​​​​ #independenciafinanceira

Deixe uma resposta