COMO INVESTIR NO MERCADO IMOBILIÁRIO SEM TER QUE COMPRAR UM IMÓVEL|Tudo Sobre Fundos Imobiliários

COMO INVESTIR NO MERCADO IMOBILIÁRIO SEM TER QUE COMPRAR UM IMÓVEL |Tudo Sobre Fundos Imobiliários
você que saber como
viver de rendimentos de aluguel sem imóvel físico e podendo começar com menos de 100 reais?

apresentação eu sou Juan bem vindos ao canal

resultado. nesse vídeo aqui eu vou te ensinar tudo que você precisa saber sobre os fundos imobiliários

entrega

o que são fundos imobiliários?

.fundos imobiliários é uma galerinha reunida está disposta a entrar no mercado imobiliário diminuindo
o máximo possível do risco.
.
isso acontece porque a quantidade de dinheiro junta é muito grande e com maior quantidade você tem a possibilidade de,
compra de mais imóveis.

.isso faz com que se tenha menos exposição a um inquilino só e menos exposição a uma localidade só

ou seja você não fica dependente apenas de um imóvel, caso ocorra algum problema

além disso galerinha com o fiis se tem maior liquidez em relação do um imóvel físico (venda na hora que quiser)

diferente de um imóvel físico que é uma burocracia enorme para vender, o que atrapalha se você tiver uma emergência.

como funcionam

.funciona assim as decisões do fundo são tomadas pelo gestor especializado responsável e
esse gestor acompanha o mercado e faz a gestão do patrimônio ou seja fica fazendo
mudanças na composição dos imóveis
.
na questão de Resultados do fundo esses são repassados para os investidores, sejam perdas ou ganhos

já em relação a as cotas todos os cotistas pagam valores iguais e recebem a mesma quantidade de valores por cada cota
ou seja se você tem mais cotas aumenta sua quantidade de ganha de forma somada.

é importante lembrar que você analise bem um fundo antes de investir pq
você também vai estar exposto da mesma forma caso ocorra perdas

eu vejo muita gente confundindo isso aqui quem investe no fundo não é proprietário do fundo segundo cvm

más segundo a cvm você se torna titular do fii na proporção em que comprou ou seja está vinculado ao seu cpf

ou seja você
vira dono apenas de sua parte

.os cotistas não podem exercer nenhum direito real sobre os imóveis que fazem parte do fundo isso é bom

pq significa que você tbm não é legalmente responsável caso ocorra algo ruim ai na gestão do fundo
.
eles são listados na bolsa e podem ser comprados do mesmo jeito de ações na corretora

como funcionam os rendimento dos fundos imobiliários

.os lucros ou prejuízos vem do desempenho dos imóveis

ou seja se tiver muitos imóveis do fundo
alugados maiores os rendimentos

.e justamente por isso rendimento é um dos principais riscos que devem ser levados em conta antes de investir

.além disso a regulamentação do fiis obriga que os rendimentos sejam distribuídos no mínimo a cada 6 meses
mas a acaba que a maioria distribui mensalmente

.é importante destacar também que até agora junho de 2021 os fundo imobiliários tem
seus rendimentos isento de impostos para pessoa física

.para se isento tem que obedecer a estes 3 requisitos

O cotistas tiver menos de 10% das cotas do fundo;

O fundo tiver no mínimo 50 cotistas;

E as cotas do fundo forem negociadas exclusivamente na bolsa de valores.

são classificados em
Popularmente, os fundos imobiliários são classificados em alguns grupos diferentes:

Fundos de tijolo (ou de renda): São os que investem em ativos reais –
ou seja, em imóveis de fato. Esses são os que costumam ganhar com aluguéis. Embora pareçam uma categoria homogênea, as carteiras podem apresentar diferenças marcantes.
Alguns aplicam em vários empreendimentos, em diferentes regiões, enquanto outros se concentram em um só imóvel. Alguns se focam em determinados tipos de empreendimentos – como escritórios, prédios industriais, galpões logísticos, hotéis, shopping centers, hospitais, escolas ou agências bancárias, entre outras possibilidades. E há os que, fazem um mix de tudo na carteira.

Fundos de papel (ou de recebíveis): Esses fundos compram títulos ligados ao mercado imobiliário,
no lugar dos imóveis em si. Podem constar nas carteiras letras de crédito imobiliário (LCI), letras hipotecárias (LH),
cotas de outros fundos imobiliários, certificados de potencial adicional de construção (CEPAC), certificados de recebíveis imobiliários (CRI), cotas de certos tipos de fundos de investimento em direitos creditórios (FIDC), além de valores mobiliários (como ações) de emissores com atividades preponderantes permitidas aos fundos imobiliários.

Fundos híbridos: Mesclam, na carteira, tanto papéis do segmento imobiliário (
outros fundos imobiliários, LCIs, CRIs e entre outros) quanto investimentos em imóveis diretamente.

então se você gostou desse vídeo já deixa seu like comenta se tiver alguma duvida e se quiser receber mais conteúdo
se inscreve aqui no canal.

esse foi o vídeo espero que tenham gostado e até a próxima

Deixe uma resposta